Pular para o conteúdo
Voltar

Governo planeja trabalhar com Icmbio em ações de infraestrutura e melhoria do Parque Nacional

Proposta de Plano Diretor será apresentada em até 45 dias
Caroline Rodrigues | Sedec-MT

Teté Bezerra, presidente da Embratur, recebeu delegação mato-grossense - Foto por: Assessoria / Sedec-MT
Teté Bezerra, presidente da Embratur, recebeu delegação mato-grossense
A | A

O Governo do Estado entregará nos próximos 45 dias uma proposta de plano diretor do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães para o Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (Icmbio).

A ação foi decidida em uma reunião realizada em Brasília, na qual estavam reunidos o governador Mauro Mendes, o presidente do instituto Adalberto Sigismundo Eberhard e o secretário de estado de Desenvolvimento Econômico, Cesár Miranda.

No encontro, foi apresentada a possibilidade de parceria, com investimentos em infraestrutura e abertura de novos atrativos, entre eles a trilha na região do Portão do Inferno, um dos pontos de parada de quem passa pela estrada MT-251, em direção a Chapada dos Guimarães.

De acordo com Miranda, a ideia é ter a participação do ICMbio desde e projeto para assim, evitar impasses que prejudiquem o andamento das obras.

“Mostramos que temos planos para fomentar o turismo ecológico e que queremos compartilhar o trabalho de forma harmônica. Isto foi visto com bons olhos pelo presidente do instituto, que se mostrou ansioso para receber os documentos e afirmou ser favorável a estruturação conjunta do plano”.

A reunião aconteceu na quarta-feira (20), sendo que no mesmo dia, houve uma agenda com a presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), Teté Bezerra, para discutir sobre futuras parcerias. Na ocasião, estavam presentes apenas o secretário Cesar Miranda e o secretário-adjunto de Turismo de MT, Jefferson Moreno.

Pantanal

Na primeira reunião da atual gestão com a Embratur, a presidente da autarquia disse que pesquisas mostram que o turista internacional tem interesse no Pantanal e que a região é sempre apontada como a principal vocação de Mato Grosso.

Ela também argumentou que existe um grande interesse por parte dos chineses, que demonstram interesse nas belezas naturais e na possibilidade de ter contato com diferentes experiências.

O titular da Sedec acrescentou que no quesito novas experiências, existe peculiaridades da cultura e gastronomia que agregam a este roteiro e certamente chamarão a atenção de quem busca algo novo.

Para Moreno, um dos principais resultados do encontro foi a possibilidade de se ampliar as parcerias com o governo Federal para participação de eventos nacionais e internacionais e ainda a formatação de fun tur e fun press com objetivo de conseguir novos divulgadores e operadores para a região.