Pular para o conteúdo
Voltar

Ipem fiscaliza produtos alimentícios de Páscoa

Itens serão coletados e levados para o laboratório da autarquia, onde serão averiguados os pesos, medidas e ainda as informações oferecidas ao consumidor
Caroline Rodrigues | Sedec-MT

Produtos precisam atender as exigências do Inmetro e terem peso consonante com o expresso no rótulo - Foto por: Divulgação
Produtos precisam atender as exigências do Inmetro e terem peso consonante com o expresso no rótulo
A | A

O Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem) iniciou a Operação de Páscoa. Durante os trabalhos, serão coletados produtos alimentícios comumente consumidos nesta época para serem periciados em laboratório. O foco são os chocolates, ovos de páscoa, leite condensado, amendoim, milho para canjica, coco ralado e leite de coco.

Conforme a gerente de Fiscalização do Ipem, Jussara de Souza Amaral, serão fiscalizados seis estabelecimentos, selecionados conforme o porte, em Cuiabá e Várzea Grande. A operação se divide em duas fases, a primeira é a de coleta, que acaba na quarta-feira (27) e a segunda de análise laboratorial.

Nos locais, os agentes vão verificar a presença do selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e ainda confirmar se o registro é verdadeiro. Com relação aos materiais encaminhados ao laboratório, será checado se a quantidade de produto é equivalente ao informado na embalagem.

Em relação aos ovos de páscoa, Jussara explica que o chocolate é separado dos brinquedos, que passam por um processo diferenciado. É verificado se o brinde atender as exigências para a faixa etária proposta e ainda se existem pedaços metálicos ou pontiagudos que demandem a advertência de perigo na embalagem.

Outro ponto de atenção está nas informações sobre a composição e forma de consumo. Tudo deve estar visível ao consumidor e ser consonante com o que está dentro da embalagem.

De acordo com a previsão do Ipem, o resultado da análise laboratorial estará pronto em 15 de abril, ocasião onde as fábricas serão acionadas e os materiais recolhidos doados ou descartados.

A operação integra o rol de ações especiais do órgão, sendo a próxima será em alusão ao Dia das Mães, no mês de maio. Na ocasião, o alvo será produtos têxteis, bem como cosméticos e artigos de beleza.