Pular para o conteúdo
Voltar

Projeto levará informação e qualificação para empreendedores

Governo do Estado pretende incentivar pequenos empreendedores com o projeto "Pensando Grande para os Pequenos"
Thielli Bairros | Sedec MT

Governo do Estado e parceiros assinam termo do projeto Pensando Grande para os Pequenos - Foto por: Christiano Antonucci
Governo do Estado e parceiros assinam termo do projeto Pensando Grande para os Pequenos
A | A

A maioria dos negócios em atividade em Mato Grosso é conduzida por pequenos ou microempreendedores. Para dar suporte a eles, o Governo do Estado lançou nesta quinta-feira (26.09) o projeto Pensando Grande para os Pequenos, na Feira do Empreendedor, em Cuiabá, como um plano de ação para o desenvolvimento.

“O projeto vai ao encontro das diretrizes do Governo do Estado, que são investimentos e geração de emprego e renda. Nada melhor que começarmos com os pequenos empreendedores, que são os maiores geradores de emprego no Estado. Isso faz a diferença”, disse Mauro Carvalho, secretário chefe da Casa Civil.

Dados apontam que em Mato Grosso são 87 mil micro e pequenas empresas empregando mais de 470 mil pessoas. Para o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae MT, Jandir Milan, este é o momento em que o brasileiro mais deposita esperanças no empreendedorismo. “Com a Lei da Liberdade Econômica, teremos a desburocratização para aberturas de empresas e muitos poderão empreender e colaborar com a economia do País”.

É o caso de Glauber Bambirra, empresário da Smart Marketing interessado em startups. “O projeto é fantástico, é preciso dar atenção aos pequenos especialmente na oferta de recursos para empreender e crescer. Existem muitas pessoas com boas ideias e capacidade, mas estão limitadas pela economia e outras imposições do mercado”, afirma.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, ressalta que o programa foi desenvolvido e aprimorado com diversos parceiros para que haja a possiblidade de levar ao interior do Estado linhas de financiamento, capacitação, orientação jurídica, entre outras informações.

“Vamos bater à porta daqueles que querem ser empreendedores e criar um efeito multiplicador que realmente leve desenvolvimento para todas as regiões, iniciando pelas de menor PIB per capita”, explica.

Crédito: Rodrigo Lorenzon

O Circuito Empreendedor será o primeiro passo deste projeto e iniciará pelos municípios do Vale do Juruena. De acordo com o secretário adjunto de Indústria, Comércio e Empreendedorismo e coordenador do projeto, Celso Banazeski, será realizada uma pesquisa socioeconômica em cada município para identificar o perfil dos pequenos negócios e como os agentes municipais estão trabalhando o setor.

“Vamos discutir políticas públicas para desenvolver o empreendedorismo e levar o que for necessário: qualificação, boas práticas para a agroindústria para o selo Susaf, linhas de financiamento. Depois disso, o trabalho continua como, por exemplo, em um município onde há indústrias similares e identificarmos a necessidade de criação de Arranjos Produtivos Locais (APL)”, reforça.

Em Mato Grosso, cerca de 150 mil pessoas não têm um trabalho formal. Para o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT), Gustavo de Oliveira, esse é um grande mercado para o empreendedorismo.

“É o melhor caminho porque trabalha para você mesmo, faz o seu horário, tem liberdade para ir atrás de novos mercados e desenvolver produtos, mas é preciso saber empreender. O Governo do Estado tem adotado medidas para apoiar os pequenos, que são o grande motor econômico quando se fala em geração de empregos, são eles que fazem a diferença”, disse.

São parceiros Sebrae, Desenvolve MT, Banco do Brasil, Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT), Fecomércio MT, Senac, Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Junta Comercial de Mato Grosso (Jucemat), Sesi/Senai, Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Conselho Regional de Contabilidade (CRC-MT), Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Mato Grosso (FCDL), Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso (Facmat). 

Para mais informações, basta acessar o site: empreendedorismo.sedec.mt.gov.br

Assista ao vídeo clicando aqui