Pular para o conteúdo
Voltar

Jucemat leva serviços digitais para Feira do Empreendedor

Uma página na internet com as dúvidas mais frequentes de quem quer abrir o seu próprio negócio foi apresentada aos usuários
Lorena Bruschi | Secom-MT

Feira do empreendedor - Foto por: Assessoria
Feira do empreendedor
A | A

Quem passa pela Feira do Empreendedor tem à sua disposição uma equipe da Junta Comercial de Mato Grosso (Jucemat) para tirar dúvidas, e apresentar a Junta Digital aos empreendedores. O evento começou no dia 26 de setembro e vai até este sábado (28), no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, das 15h até as 21h.

“O objetivo do espaço é atender tanto os empresários já constituídos, quanto quem pensa em empreender, para oferecer informações mais específicas, e divulgar todos os serviços que prestamos de forma totalmente digital, como a abertura de empresas em um minuto”, explica a presidente da Jucemat.

Conforme o secretário adjunto de Indústria, Comércio e Empreendedorismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Celso Paulo Banazeski, os serviços oferecidos pela Jucemat são essenciais para fomentar o empreendedorismo, e ressaltou a atuação da autarquia no projeto “Pensando Grande Para os Pequenos”.

“A Junta Comercial está na construção deste projeto, e agora na realização desses circuitos empreendedores, esperamos conseguir um maior número de integração de prefeituras. Estamos preparando esses municípios para que eles integrem o licenciamento com a abertura de empresas na Jucemat, facilitando a formalização dos empreendedores”, acrescenta.

Cartazes com um QR Code - uma imagem que após captada pela câmera do celular encaminha o usuário direto a uma página da internet – foram espalhados pela feira, para mostrar uma página desenvolvida especialmente para o evento. O site contém explicações fáceis sobre as dúvidas mais frequentes de quem pretende abrir o seu próprio negócio.


“Estamos disponibilizando um passo a passo de como registrar uma empresa, também dados sobre pesquisa empresarial, onde a pessoa já consulta quem são seus concorrentes no mercado por atividade econômica, e também um detalhamento sobre o tempo de análise e licenciamento”, conta o servidor da Jucemat Alexandre Lacerda.

Ainda é possível pesquisar pela página a lista de municípios que já possuem os dados integrados pela RedeSimples, o que significa que nestas cidades não há burocracia para o licenciamento que já acontece no registro do negócio. Ao todo, 16 cidades do estado estão integrados.

“Hoje o único modo de se abrir uma empresa é pela internet. O atendimento da Junta Comercial também já está totalmente digital, com o atendimento pelo chat no próprio site”, conta o servidor Rafael Coelho.