Pular para o conteúdo
Voltar

MT começa a ser reconhecido pelo MAPA como área livre da aftosa sem vacinação

Por Por Elisete Mengatti/Thielli Bairros

O município de Rondolândia e partes de Aripuanã, Colniza, Comodoro e Juína entraram na Instrução Normativa, publicada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e foram reconhecidos como livre de febre aftosa sem vacinação./  A norma começa a vigorar em 1º de setembro deste ano.//

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico,  César Miranda, avalia que a mudança de status sanitário para livre de febre aftosa sem vacinação é um grande impulsionador econômico para o Estado, pois assim, carne mato-grossense alcançará mercados internacionais com melhores remunerações.//

Atualmente, no Brasil, apenas Santa Catarina possui a certificação internacional como zona livre de febre aftosa sem vacinação./ Para o presidente do Instituo de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT), Marcos Catão, a conquista do Estado é fruto de muitos anos de planejamento e  engajamento da sociedade, iniciativa privada, produtores rurais, entidades da agropecuária, lideranças políticas e Governo do Estado.//