Pular para o conteúdo
Voltar

Metamat inaugura escritório regional em Guarantã do Norte

O termo de cooperação firmado entre a Metamat e a prefeitura local garantiu a instalação do 3º escritório da autarquia
Viviane Moura | Sedec-MT

- Foto por: Assessoria
A | A

A Companhia Mato-Grossense de Mineração (Metamat) inaugurou nesta quinta-feira (22-07), o escritório regional de Guarantã do Norte. A unidade tem como finalidade realizar orientação técnica e executar projetos do setor mineral, com ênfase àqueles que contribuam para geração de emprego e renda na região.

O escritório, fruto da assinatura do termo de cooperação entre a empresa estadual e a prefeitura de Guarantã, contará com um geólogo, um técnico e dois estagiários.

O prefeito de Guarantã do Norte, Érico Estevan Gonçalves, ressalta a importância da empresa mineradora no município. “Essa é mais uma parceria que vem trazer conhecimento para a região, que irá criar emprego e fortalecer a economia local, por meio da orientação ao garimpeiro, ao minerador para que esses profissionais trabalhem da forma correta”.

Dentre as atribuições da sede regional estão ações de ordenamento, regularização e de fiscalização das atividades mineradoras, que visam coibir o trabalho clandestino de garimpagem e a comercialização ilegal de minerais. A equipe também ficará responsável pelo cadastro dos produtores de bens minerais no município.

Segundo o presidente da Metamat, Juliano Jorge Boraczynski, a estrutura do novo escritório é diferenciada. “Nós teremos, inclusive, uma geóloga que mora na cidade. E com isso poderemos dar suporte para aumentar a Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM), não só para as cooperativas de ouro, mas para todos os tipos de minérios produzidos na região. Hoje, o município tem um depósito de cobre a ser explorado e faremos pesquisa para que esse recurso seja utilizado por uma multinacional”, destaca.

Ampliação

Com o novo espaço, a Metamat passa a ter três escritórios regionais, eles estão sediados nos municípios de Alta Floresta, Nova Bandeirantes e Guarantã do Norte. A previsão é de que neste semestre seja aberto o quarto regional, dessa vez em Aripuanã.