Pular para o conteúdo
Voltar

Piscicultores devem atualizar cadastro junto ao Indea até 10 de dezembro

Ação visa identificar espécies cultivadas para traçar estratégias de controle de doenças
Viviane Moura | Sedec-MT

- Foto por: GCOM/MT - Rafaella Zanol
A | A

O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) realiza, até o dia 10 de dezembro, a atualização do cadastro das espécies de peixes cultivadas no Estado.

A ação visa melhorar o monitoramento da saúde dos animais aquáticos, tendo em vista que grande parte das pisciculturas estaduais possuem no cadastro a nomenclatura “peixe”, sem classificar a espécie.

Para efetuar o cadastramento, o piscicultor deve se deslocar a uma unidade do Indea e declarar as espécies produzidas em seu estabelecimento rural.

De acordo com o diretor técnico do Indea, Renan Tomazele, o recadastramento visa o aprimoramento dos dados das espécies de peixes. “O Instituto quer levantar com exatidão as espécies mais cultivadas no Estado e traçar estratégias para o controle de doenças que possam comprometer o avanço da atividade em Mato Grosso”, relata.

Impeditivo

Os piscicultores que não atualizarem as informações junto ao Indea ficarão impedidos de movimentar animais de sua propriedade até que a atualização seja feita.