Pular para o conteúdo
Voltar

Novo programa social oferece crédito para mulheres e jovens empreendedores de MT

Este ano, 48% dos financiamentos concedidos pela Desenvolve MT foram destinados para mulheres empreendedoras, a maioria delas precisa empreender para cuidar dos filhos e da família
Livia Rabani | Desenvolve-MT

Governo do Estado lança programa social Jovens e Mulheres Empreendedores - Foto por: Michel Alvim - SECOM /MT
Governo do Estado lança programa social Jovens e Mulheres Empreendedores
A | A

O Governo do Estado lançou, nesta terça-feira (21.12), dois importantes novos programas: Mulher e Jovem Empreendedor, que visam estimular o fortalecimento das empresas, além de fomentar a geração de emprego, renda e o desenvolvimento dos negócios em Mato Grosso.

Para o governador Mauro Mendes, o trabalho realizado da Agência de Fomento de Mato Grosso (Desenvolve MT) vem se desenvolvendo muito desde o início de 2019, período em que ocupava penúltima colocação e estava na 15ª colocação no ranking das agências do País. Hoje, é a sétima em Capital.

“O governo lança com um caminho de oportunidades, pois esse é um programa de grande alcance social. Empreender muitos desejam, com esse recurso, um jovem recém-formado pode comprar dois computadores, montar uma estação de trabalho e começar a prestar serviço na área de Engenharia. Uma mãe pode comprar uma máquina de costura ou montar um salão de beleza, pode fazer uma compra de equipamentos para cozinha e fazer salgados, são dezenas, centenas de oportunidades que podem ser alcançadas com esse recurso”, disse o governador.  

A iniciativa oferece linhas de crédito para incentivar mulheres empreendedoras de todas as idades, e jovens empreendedores entre 18 a 29 anos que estejam à frente de seus negócios, como proprietários ou sócios da empresa.

Para o deputado estadual, Carlos Avallone, a Desenvolve MT é um braço importante para o desenvolvimento do Estado. “É um projeto que vai fazer a diferença na vida das pessoas, são jovens e mulheres que terão a oportunidade e a dignidade de poder trabalhar mais e melhor”.

O crédito será acessível para todos os setores da atividade econômica, uma oportunidade para transformar empresas conduzidas por jovens e mulheres contribuindo para a desigualdade de gênero.

Condições do Crédito

A iniciativa oferece uma linha de crédito no valor de até R$15 mil para microempreendedor individual (MEI), micro e pequena empresa. O prazo para pagamento é de até 42 meses, com seis meses de carência e taxa de juros de 0,37% ao mês.

Não há limitador do tempo de faturamento da empresa para tomar o crédito. Do total financiado, 70% deverá ser utilizado em investimentos pagamento direto ao fornecedor, e 30% para capital de giro. Caso a empresa possua alguma pendência poderá utilizar o recurso em até 30% para limpar o nome. E se o empreendedor for pessoa física poderá formalizar antes da solicitação do crédito.

O foco é para o empreendedor que busca financiar insumos ou serviços relacionados à atividade produtiva da empresa. Como aquisição de softwares, material de construção, móveis e utensílios nacionais novos, máquinas e equipamentos, mercadoria de revenda entre outros.

Os interessados podem solicitar o crédito pelo site www.desenvolve.mt.gov.br, clicar no banner do programa e obter todas as informações. Ao solicitar o crédito, ele será redirecionado para o Portal de Crédito.

Governo do Estado lança programa social Jovens e Mulheres Empreendedores Créditos: Michel Alvim - SECOM /MT

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Alberto Miranda, o novo programa fortalece ainda mais a economia mato-grossense. “O Governo tem incentivado os pequenos negócios de diversos setores econômicos, e não poderia deixar de estimular o empreendedorismo feminino e o jovem que está começando a vida empresarial. São dois grupos em crescimento que merecem a oportunidade de adquirir linhas de crédito a juros baixos para abrir um empreendimento ou mesmo ampliar o que já possuem".

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Alberto Miranda, o novo programa fortalece ainda mais a economia mato-grossense. “O Governo tem incentivado os pequenos negócios de diversos setores econômicos, e não poderia deixar de estimular o empreendedorismo feminino e o jovem que está começando a vida empresarial. São dois grupos em crescimento que merecem a oportunidade de adquirir linhas de crédito a juros baixos para abrir um empreendimento ou mesmo ampliar o que já possuem".

O presidente da Desenvolve MT, Jair Marques, destaca que os novos programas visam oportunizar às mulheres e jovens profissionais que queiram empreender, com acesso facilitado ao crédito. “Iniciativas como essas demostram que o Governo tem a preocupação de ir além do trabalho social, o novo programa é uma oportunidade de desenvolvimento integral da população menos favorecida. Não é apenas uma oferta de crédito, são ações de dignidade às famílias que renovam a esperança do cidadão no poder público”.

Estatística

Segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas, desde o início de 2020, os jovens brasileiros com idade entre 18 e 29 anos já representam 48,1% dos empreendedores independentes do país.

Este ano, 48% dos financiamentos concedidos pela Desenvolve foram destinados para mulheres empreendedoras em Mato Grosso. As principais áreas de atuação das mulheres que procuram crédito são os setores de alimentação, serviço de beleza, confecção e comércio.

A maioria empreende por necessidade, para cuidar dos filhos e sustentar a família. Quase todas precisam de apoio financeiro, ou de poupança familiar, e pouquíssimas têm acesso a crédito para se formalizar ou melhorar as condições do seu negócio.

O presidente da Desenvolve MT, Jair Marques, destaca que os novos programas visam oportunizar às mulheres e jovens profissionais que queiram empreender, com acesso facilitado ao crédito. “Iniciativas como essas demostram que o Governo tem a preocupação de ir além do trabalho social, o novo programa é uma oportunidade de desenvolvimento integral da população menos favorecida. Não é apenas uma oferta de crédito, são ações de dignidade às famílias que renovam a esperança do cidadão no poder público”.  Estatística  Segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas, desde o início de 2020, os jovens brasileiros com idade entre 18 e 29 anos já representam 48,1% dos empreendedores independentes do país.  Este ano, 48% dos financiamentos concedidos pela Desenvolve foram destinados para mulheres empreendedoras em Mato Grosso. As principais áreas de atuação das mulheres que procuram crédito são os setores de alimentação, serviço de beleza, confecção e comércio.  A maioria empreende por necessidade, para cuidar dos filhos e sustentar a família. Quase todas precisam de apoio financeiro, ou de poupança familiar, e pouquíssimas têm acesso a crédito para se formalizar ou melhorar as condições do seu negócio.