Pular para o conteúdo
Voltar

Governo de MT já executou 90% das obras da primeira etapa da Zona de Processamento de Exportação de Cáceres

As obras dessa primeira etapa da ZPE têm previsão de serem entregues no primeiro semestre de 2023
Greyce Lima | Sedec-MT

s obras da ZPE têm previsão de serem entregues no primeiro semestre de 2023. - Foto por: Secom-MT
s obras da ZPE têm previsão de serem entregues no primeiro semestre de 2023.
A | A

O Governo de Mato Grosso já executou 90% das obras da primeira etapa da Zona de Processamento de Exportação (ZPE), instalada no município de Cáceres (a 219 km de Cuiabá). Com investimento estimado em R$ 16 milhões, a obra é realizada com recursos da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e executada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra).

Segundo o secretário da Sedec, César Alberto Miranda Lima, as obras dessa primeira etapa da ZPE têm previsão de serem entregues no primeiro semestre de 2023.

“A Zona de Processamento impulsionará o desenvolvimento econômico na região de Cáceres, atraindo novos investidores. Vai gerar empregos e reativará economicamente toda aquela região, que tem uma demanda por emprego muito grande, ou seja, a ZPE vai permitir que essa região volte a ser protagonista dentro do desenvolvimento econômico do Estado”, destacou.  

A ZPE está sendo instalada em uma área de aproximadamente 240 hectares no Distrito Industrial do município. O projeto está dividido em cinco módulos, que são os locais onde as empresas efetivamente se instalarão, e a área administrativa. A obra total possui cerca de 4 mil m².

Nessa primeira etapa está sendo concluída as obras de construção dos blocos das unidades administrativas.

O secretário César Miranda ressalta ainda que a ZPE era um sonho de 30 anos e que, finalmente, saiu do papel. “Essas obras estavam paradas e o atual Governo teve a coragem de retomá-las, e reformulou todo o projeto para atender as normas da Receita Federal e dos órgãos que vão atender lá dentro”, ressaltou.
 
Desde a retomada das obras já foram executados fundações, construção de paredes, coberturas, instalações hidro-sanitárias, instalações elétricas, acabamentos, drenagem externa e asfalto externo. Atualmente são realizados serviços de elétrica e finalização de acabamentos.

"O que nós queremos é justamente desenvolvimento e geração de emprego para a Região de Cáceres e a ZPE é fundamental para o Oeste mato-grossense. Não só a primeira etapa, como também a segunda etapa que já está em licitação. Além disso, é sempre importante concluir obras que estavam paralisadas", destacou o secretário da Sinfra, Marcelo de Oliveira.

As ZPEs são áreas de livre comércio com o exterior, destinadas à instalação de empresas voltadas para a produção de bens a serem exportados. A ZPE de Cáceres foi criada por meio de decreto presidencial em março de 1990, com a finalidade de reduzir desequilíbrios regionais, promover a difusão tecnológica e o desenvolvimento econômico, e aumentar a competitividade das exportações brasileiras.