Pular para o conteúdo
Voltar

Lado a lado com o produtor: presidente do Indea diz que instituição é a cara do Governo de MT no interior

Aproximadamente 900 servidores estão distribuídos nos 141 municípios do Estado, seja em unidades físicas, postos de atendimento ou barreiras volantes
Amanda Monteiro | Secom-MT

POD CAST MT CONECTADO Emanuele de Almeida Presidente do INDEA MT - Foto por: Michel Alvim - SECOM / MT
POD CAST MT CONECTADO Emanuele de Almeida Presidente do INDEA MT
A | A

“Um dos maiores desafios quando assumimos o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) foi fazer com que os nossos fiscais estivessem realmente 100% ali ao lado do produtor. Hoje, somos uma instituição desconcentrada, a cara do Governo no interior do Estado”, afirmou Emanuele de Almeida, presidente do Indea, em episódio do podcast “MT Conectado” lançado nesta terça-feira (17.01).

Na entrevista, comandada pelos jornalistas Fernando Martins e Elisete Mengatti, Emanuele falou sobre os investimentos do Governo de Mato Grosso no setor durante a primeira gestão do governador Mauro Mendes.

“Buscamos reestruturar a instituição, tanto na parte técnica quanto na administrativa. São mais de R$ 44 milhões investidos, novos processos licitatórios, concursos públicos e tablets, impressoras e computadores para os nossos colaboradores, uma verdadeira revolução tecnológica no setor. Além, é claro, da aquisição de 100 caminhonetes que dão ao nosso servidor a possibilidade de executar a atividade que foi atribuída a ele com boas condições de trabalho”, contou a presidente.

Na oportunidade, ela explicou sobre a verdadeira função do Indea e pontuou os desafios para os próximos quatro anos. "Nosso objetivo é certificar que aquele produto está apto para ser comercializado. É importante que o produtor entenda que somos parceiros e que eles são nossos olhos no campo. Somos o celeiro agropecuário do mundo e queremos entregar ainda mais eficiência e efetivação na prestação de serviços aos nossos usuários", finalizou.

Para conferir a entrevista completa, que fala ainda sobre o plano nacional de retirada da vacina de febre aftosa e o trabalho ostensivo e educativo nas fronteiras do Estado, acesse os canais do Governo de Mato Grosso nas plataformas digitais do Youtube e Spotify.