Pular para o conteúdo
Voltar

Sedec participa da Caravana de Tangará com diversos serviços

Renata Menezes I Sedec-MT

- Foto por: José Medeiros
A | A

A adjunta de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) leva para a Caravana de Tangará mais uma etapa do projeto ‘Educação para o Turismo’ promovido em escolas públicas estaduais. Nos dias 18 e 19, a equipe da pasta estará realizando as palestras educacionais nas escolas João Batista e Hélcio de Souza.

Com ajuda de instrumentos interativos e lúdicos, os palestrantes buscam sensibilizar e conscientizar crianças e jovens sobre a importância do turismo para a sua cidade, estimulando a compreensão e a participação, sensibilizando quanto as questões sociais e de cidadania, de preservação do meio ambiente e sustentabilidade.

De acordo com o secretário adjunto de Turismo da Sedec, Luis Carlos Nigro esse projeto tem sido uma das principais ações da Seadtur nas Caravanas promovidas pelo governo do Estado, pois, atinge exatamente os futuros anfitriões e profissionais que integrarão a oferta de serviços turísticos nos municípios. “Por isso, se faz necessário um maior entendimento e estreitamento entre o que recebe e o que visita, o munícipe e o turista. Através dessas palestras educativas, vamos plantando uma semente na base da comunidade para que eles sejam os multiplicadores, contribuindo para mobilizar familiares, amigos, gestores, enfim, toda a cidade”, explica.

A inclusão do turismo nas escolas contribui para a contextualização do conteúdo das disciplinas tradicionais com a realidade da localidade, enriquecendo o processo de ensino e aprendizagem. O projeto parte do pressuposto de que os alunos das escolas dos municípios com potencial turístico ao se aproximem da realidade turística, cultural e ambiental da localidade que residem, sejam parceiro no processo de conscientização e preservação.

Durante a Caravana, a Seadtur também participa divulgando material institucional de promoção do turismo de Mato Grosso e dando informações aos interessados no desenvolvimento do turismo na região no estande da Sedec até o sábado (21) na área de serviços.

Cadastur

Outra equipe da Seadtur estará fazendo o cadastramento no Sistema Cadastur de quarta (18) a sábado (21) na arena de serviços da Caravana em Tangará.

O cadastro passou a ser obrigatório para prestadores de serviços turísticos, é gratuito e abrange as seguintes atividades: Meios de Hospedagem (albergue, condo-hotel, flat, hotel urbano, hotel de selva, hotel fazenda, hotel histórico, pousada, resort e cama & café; agências de turismo; transportadoras turísticas; organizadoras de eventos; parques temáticos; acampamentos turísticos; guias de turismo.

Em caráter opcional, também poderão se cadastrar: restaurantes, cafeterias e bares; centros de convenções; parques aquáticos; estruturas de apoio ao turismo náutico; casas de espetáculo; prestadoras de serviços de infraestrutura para eventos; locadoras de veículos para turistas; prestadoras especializadas em segmentos turísticos.

O cadastro vinculado ao Ministério do Turismo permite a participação em eventos, feiras e ações realizados pelo Ministério do Turismo e pela Embratur, tais como o Salão do Turismo, Vai Brasil e Portal de Hospedagem. Disponibiliza também o acesso a linhas de financiamento específicas para o turismo, por meio de bancos oficiais, além da participação em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo MTur.

Artesanato

Para artesãos de toda a região contemplada pela Caravana uma boa notícia.

O cadastro gratuito de artesãos e trabalhadores manuais no Programa de Artesanato Brasileiro (PAB) do Governo Federal, com a emissão da Carteira de Artesão acontecerá dos dias 18 ao 21.

Além de Tangará da Serra, a equipe da adjunta de Empreendedorismo da Sedec percorrerá também os municípios de Nova Olimpia e Barra do Bugres. Ao todo, as três cidades somam atualmente 240 artesãos cadastrados.

Além da carteira, os artesãos que estiverem com o cadastro vencido poderão fazer a atualização.

Para se cadastrar no PAB o artesão precisa apresentar ao menos uma peça de sua produção, levar uma foto 3x4, cópia do RG, CPF e comprovante de residência, e preencher a ficha de cadastro que será disponibilizada durante o atendimento. Com o cadastro no PAB o artesão poderá participar de feiras regionais e nacionais, por meio do programa, além de facilitar o acesso à linhas de crédito.

O PAB foi instituído com a finalidade de coordenar e desenvolver atividades que visam valorizar o artesão brasileiro, elevando o seu nível cultural, profissional, social e econômico, bem como, desenvolver e promover o artesanato e a empresa artesanal, no entendimento de que artesanato é empreendedorismo.